Novos valores do Programa Casa Verde e Amarela

6 de outubro de 2021 - Sem categoria

Conselho Curador do FGTS anunciou a ampliação do teto do valor dos imóveis e menores taxas de juros para o Programa Casa Verde e Amarela. 

Foi aprovado pelo Conselho Curador do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), novos valores do teto dos imóveis e taxas de juros mais baixas no âmbito do Programa Casa Verde e Amarela.

A mudança aumentará o desconto no valor do imóvel para famílias com renda mensal de até R$2 mil e uniformiza as taxas de juros oferecidas a estas famílias.

Também aumenta o valor dos imóveis que podem ser enquadrados no Programa Casa Verde e Amarela, destinados a famílias com renda mensal bruta de até R$7 mil.

A proposta foi apresentada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e aprovada na última segunda-feira,13, e deve entrar em vigor em 60 dias.

Não há mudança na renda mensal para enquadrar as famílias dentro dos grupos do programa. Com isso, os critérios permanecem:

Grupo 1 – famílias com renda de até R$ 2 mil mensais;

Grupo 2 – famílias com renda entre R$ 2 mil e R$ 4 mil mensais;

Grupo 3 – famílias com renda entre R$ 4 mil e R$ 7 mil mensais.

 

Redução das Taxas de juros no Casa Verde e Amarela

O governo decidiu deixar de levar em conta o valor do imóvel para definir a taxa do financiamento. A partir de agora todas as famílias do Grupo 1, com renda de até R$ 2 mil por mês, terão acesso à mesma taxa de juros:

  • Norte e Nordeste: 4,25% ao ano, para cotistas do FGTS, e 4,75% ao ano para quem não é cotista;
  • Sul, Sudeste e Centro-Oeste: 4,5% ao ano para cotistas do FGTS, e 5% ao ano para quem não é cotista.

Para famílias com renda mensal de R$ 4 mil a R$ 7 mil, as taxas de juros serão reduzidas em 0,5 ponto percentual. A redução será temporária e valerá até o final de 2022.

  • Cotistas do FGTS por três anos ou mais: juros de 7,16% ao ano;
  • Para quem não é cotista do FGTS: juros caem de 8,16% para 7,66% ao ano.

As famílias do grupo 2, com renda entre R$ 2 mil e R$ 4 mil, permanecem com as mesmas taxas de juris entre 5% e 7% ao ano.

 

Novos critérios para Desconto no PCVA

Atualmente, são considerados dois critérios para aprovação do desconto complemento oferecido pelo FGTS: a renda familiar mensal bruta e o local onde será adquirido o imóvel.

Pelo novo regulamento, outros três fatores serão incluídos: capacidade de financiamento da família, comprometimento da despesa em relação à renda média local e área útil do imóvel.

Com objetivo de facilitar o acesso, famílias com menor capacidade de financiamento irão receber uma pontuação que aumentará o valor do desconto, o formato será definido nas próximas reuniões.

 

Novo Teto dos valores dos imóveis

O último ajuste nos valores do teto do Programa havia sido feito em 2017. Na época o programa ainda se chamava Minha Casa Minha Vida. A ampliação do teto do valor dos imóveis era um pedido antigo do mercado imobiliário que vinha enfrentando uma alta acelerada nos custos de construção.

Sobrado na Fortaleza em Blumenau

Sobrado em Blumenau

 

O novo valor do teto varia em função da região e do tamanho da população local.

  • Capitais classificadas pelo IBGE como metrópoles: DF, RJ e SP: de R$ 240 mil para R$ 264 mil;
  • Capitais classificadas pelo IBGE como metrópoles: ES, MG, PR, RS e SC: de R$ 215 mil para R$ 236,5 mil;
  • Demais regiões: de R$ 190 mil para R$ 209 mil.

 

Outras capitais e municípios com população maior ou igual a 250 mil habitantes classificados pelo IBGE como capitais regionais e municípios a partir de 100 mil habitantes nas regiões metropolitanas de Campinas, Baixada Santista e Regiões Integradas de Desenvolvimento de capital:

  • DF, RJ e SP: de R$ 230 mil para R$ 253 mil;
  • ES, MG, PR, RS e SC: de R$ 190 mil para R$ 209 mil;
  • Demais regiões: de R$ 180 mil para R$ 198 mil.

 

Municípios com mais de 100 mil habitantes e municípios com menos de 100 mil habitantes das regiões metropolitanas de Campinas, Baixada Santista e Regiões Integradas de Desenvolvimento de capital. Municípios com menos de 250 mil habitantes classificados pelo IBGE como capitais regionais:

  • DF, RJ e SP: de R$ 180 mil para R$ 198 mil;
  • ES, MG, PR, RS e SC: de R$ 170 mil para R$ 187 mil;
  • Demais regiões: de R$ 165 mil para R$ 181,5 mil.

 

Municípios com população a partir de 50 mil habitantes e inferior a 100 mil habitantes:

  • DF, RJ e SP: de R$ 145 mil para R$ 166,75 mil:
  • ES, MG, PR, RS e SC: de R$ 140 mil para R$ 161,1 mil;
  • Demais regiões: de R$ 135 mil para R$ 155,25 mil.

 

Municípios com população a partir de 20 mil habitantes e inferior a 50 mil habitantes:

  • DF, RJ e SP: de R$ R$ 145 mil para R$ 159,5 mil;
  • ES, MG, PR, RS e SC: de R$ 140 mil para R$ 154 mil;
  • Demais regiões: de R$ 135 mil para R$ 148,5 mil.

 

Demais municípios:

  • DF, RJ e SP: permanece em R$ 145 mil;
  • ES, MG, PR, RS e SC: permanece em R$ 140 mil;

 

Demais regiões: permanece em R$ 135 mil.

Em Blumenau o teto dos imóveis do Programa Casa Verde e Amarela passará dos atuais R$190 mil passará para R$ 209 mil. Nos municípios vizinhos, Indaial e Gaspar, o valor do teto passará de R$ 140 mil para R$ 161 mil.

portland-blumenau-obras-09-2021

Residencial Portland em Blumenau, SC

 

Estava ficando difícil encontrar imóveis que se enquadrassem no limite do teto de R$ 190 mil do Casa Verde e Amarela em Blumenau.  Agora haverá uma maior variedade de sobrados e apartamentos que poderão ser financiados com as taxas de juros reduzidas do Programa Casa Verde e Amarela.

“Muitas famílias que antes não conseguiam mais comprar seu imóvel em Blumenau terão novamente essa possibilidade”, explica Ricardo Cubas, especialista em mercado imobiliário. “É o resgate do sonho da Casa Própria para os moradores da nossa região”, comemora.

 

Programa Casa Verde e Amarela

O Programa Casa Verde e Amarela foi idealizado em 2020, pelo Governo Bolsonaro, substituindo o Programa Minha Casa Minha Vida, criado em 2009 no Governo de Luís Inácio “Lula” da Silva.

Por meio de crédito acessível e juros baixos, o Programa torna possível a casa própria para as famílias brasileiras.

O governo federal promete mais recursos para o Programa Casa Verde e Amarela. A previsão é ampliar o orçamento do programa em 10% em 2022, 12% em 2023 e 15% em 2024.

“Não faltarão recursos para garantir moradia digna para as famílias brasileiras”, garante o Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Simonetti Marinho.

Diego e Jéssica - Sobrado - Passo Manso - Blumenau - Torresul

Diego e Jéssica compraram um Sobrado

 

Simulação de Financiamento

Os valores de financiamento dependem da renda mensal bruta da família. Nenhum dos proponentes pode ter restrições em seu CPF e o ideal é que não tenham outros empréstimos no nome. O primeiro passo para quem sonha com a sua Casa Própria é fazer uma simulação de financiamento.

Se você quer seu imóvel financiado com as novas condições do Programa Casa Verde e Amarela em Blumenau solicite uma simulação de financiamento aqui.

Ou procure a imobiliária que é especialista em financiamento pelo Programa Casa Verde e Amarela em Blumenau. A Torresul Imobiliária já ajudou mais de 4 mil famílias a comprar os seus imóveis com a ajuda do programa com preços e condições diferenciadas.

 

Torresul Imobiliária
WhatsApp 📲 (47) 98811-7788
CRECI/SC 4218-J